QUARTA 10/10 - 19:30

O poder de uma Declaração de amor

Data publicação 29/01/2018

Nós vivemos em uma geração em que as pessoas vivem na correria. Exigências como o trabalho, objetivos a serem alcançados, muitas vezes impedem a família de estar reunida, praticar o afeto um com o outro, e afasta a família do propósito inicial de Deus: viver num lar com felicidade, amor e afetividade.

                Deus Pai sempre praticou o princípio da amabilidade, por isso nos escolheu desde a fundação do mundo para vivermos em amor (EF 1:4). E o próprio Deus trino nos deixou como modelo a forma perfeita de expressar nosso amor, no batismo público de Jesus, que ficou registrado para todas as gerações a personificação perfeita da trindade revelado na glória do céu: Deus Pai, Filho e Espírito Santo.

                Em Mateus 3:13-17, podemos ver o testemunho diretamente do céu; do prazer do Pai com o Filho e o Espírito Santo sobre Jesus. João Batista batizava na região do deserto, Jesus foi ao encontro dele e João o batizou no rio Jordão. Em obediência aos planos do Pai, marcando assim seu ministério. Jesus em nada pecou, (Hb 4:15b) mas se batizou por obediência. 

                A Bíblia diz que assim que Jesus saiu das águas do batismo no rio Jordão, o Espírito de Deus desceu como pomba vindo sobre ele. (Mt 3:16). E a seguir Deus Pai bradou dos céus em alta voz, fazendo uma declaração de amor para seu filho. Ele disse desde os céus: "Este é o meu filho amado em que minha alma tem prazer."  Neste momento o Pai blindou Jesus com seu amor, ele colocou como que uma cerca protetora em volta de Jesus, elogiando-o e declarando seu amor publicamente por seu filho amado Jesus.

                No capítulo seguinte em Mateus 4:1, Jesus foi levado pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo, mas sabe o que fortaleceu Jesus para não cair em tentação? A declaração de amor de Deus Pai.  Ele se lembrava que era amado e protegido, e pelo poder do Espírito resistia o mal. Porque estava blindado pelo amor! E durante 40 dias no deserto sendo tentado Ele não pecou. O amor sempre vence.

                Vemos o poder de uma declaração de amor, ela nos guarda, blinda e protege. Todos temos desertos: maridos, esposas, filhos, mas quando escolhemos elogiar, ver o lado positivo do outro, nós fortalecemos o que o outro faz de bom, e assim a pessoa começa a ser melhor e tem força para resistir as tentações do mal.

                Precisamos dizer palavras abençoadoras, fazer mais declarações de amor, para que assim o ambiente da família seja saudável e feliz. Não esconda seu afeto, faça como o Pai, declare seu amor pelas pessoas com quem convive e verá o poder da declaração de amor na sua vida social e afetiva, conforme Deus planejou.

                Decida ser feliz! Elogie, declare seu amor, blinde sua família, cuide dos seus.