“Viste o homem eficiente na sua obra? Perante reis será posto; não permanecerá entre os de posição inferior.” (Provérbios 22:29)

Notícias

Aumento na conta de luz pode causar demissão de 5 mil trabalhadores em Rondônia, diz Fecomércio


Elevação de custo fará empresas demitirem no estado. Energisa diz que cobrança é em cumprimento à decisão do Tribunal Regional Federal da Primeira Região. Cobrança está sendo feita desde janeiro Reprodução/G1 O reajuste na conta de energia elétrica, feito em Rondônia desde janeiro, pode prejudicar o nível do crescimento econômico de Rondônia e causar a demissão de 5 mil trabalhadores, segundo estimativa da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Rondônia (Fecomércio-RO). Em um comunicado, a Fecomércio afirmou que está vendo com preocupação o reajuste de 24,75% para residências e de 27,12% para o consumidor que usa alta tensão. Desde o começo do reajuste, a federação diz ter recebido reclamações de comerciantes que alegam uma cobrança superior aos 27% na tarifa elétrica. "A questão principal, que faz com que a Fecomércio considere o tema importante, são os impactos sobre a vida econômica do estado", afirma a entidade. Segundo a Fecomércio, a elevação dos custos de energia para micros e pequenas empresas pode causar desemprego de mais de 5 mil pessoas. Essas demissões podem impedir a "melhoria do nível da atividade econômica que era esperado pelo comércio". A Federação do Comércio também reitera que o reajuste na energia "pode criar uma expectativa ruim aos negócios". Segundo a Energisa, que comprou a Ceron em 2018, a cobrança da tarifa é em cumprimento à decisão do Tribunal Regional Federal da Primeira Região (TRF1) "apenas nesta fatura está contabilizado o consumo referente ao período em que a liminar esteve em vigor". Ao todo, o estado tem 641 mil unidades consumidoras de energia. Protestos Na sexta-feira (15), consumidores fizeram um protesto em frente da sede da Eletrobras Rondônia (Ceron) em Porto Velho, na Avenida Sete de Setembro. O trânsito chegou a ser fechado e os manifestantes pediram a derrubada da cobrança do reajuste na energia. Protesto é feito em frente da Ceron em Porto Velho Toni Francis/G1 Um protesto contra a Ceron/Energisa também foi feito em Nova Mamoré. Neste mês de fevereiro, uma família contou ao G1 que a conta de energia subiu 31%. Isso porque o Kwh antes do reajuste estava cotado a R$ 0,64 e passou para R$ 0,84. No entanto, ao levar em conta esses valores o aumento é de 31,25%, contrapondo aos 24,75% prometidos. Como foi definido o reajuste? Segundo divulgou a Energisa, o aumento é resultado do gasto com a geração de energia e com o pagamento de dívidas acumuladas com a compra de energia nos últimos dois anos. Depois de anunciar o reajuste no fim do ano, a Justiça Estadual e Federal em Rondônia barraram a cobrança da Energisa ao consumidor, mas a empresa conseguiu obter uma liminar favorável da 1ª Vara Federal (TRF-1) e, desde meados de janeiro, o reajuste passou a vir na conta do consumidor do estado. Clientes da baixa tensão (residencial e comercial), a correção é de 24,75%. Já os de alta tensão, 27,12%. O aumento da tarifa foi autorizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Veja concursos abertos na Paraíba de 17 a 24 de fevereiro


Nove editais de prefeituras, câmara e instituições de ensino oferecem 587 vagas de emprego. Nove editais de concursos abertos para prefeituras, câmara municipal e instituições de ensino superior oferecem 587 vagas de emprego na Paraíba de 17 a 24 de fevereiro. Confira. Editoria de arte/G1 Concurso da Prefeitura de Pedra Branca Vagas: 47 Níveis: fundamental, médio e técnico Salários: R$ 998 a R$ 7.500 Prazo de inscrição: até sexta-feira (22) Local de inscrição: site da organizadora, Consulpam Taxas de inscrição: R$ 60 (fundamental), R$ 90 (médio) e R$ 150 (superior) Provas: 24 de março Edital do concurso da Prefeitura de Pedra Branca Concurso do IFPB para técnico-administrativo Vagas: 36 Níveis: médio; médio e técnico; e superior Salários: de R$ 1.945,07 a R$ 4.180,66 Prazo de inscrição: até 25 de fevereiro Local de inscrição: página do IFPB na internet Taxas de inscrição: R$ 100 (nível médio) R$ 130 (médio e técnico) e R$ 150 (superior) Provas: 31 de março de 2019 Edital do concurso para técnico-administrativo do IFPB Concurso do IFPB para técnico-administrativos (tradutor e intérprete) Vagas: 2 Nível: médio completo e proficiência em libras Salário: R$ 2.446,96 Prazo de inscrição: até 25 de fevereiro Local de inscrição: página do IFPB na internet Taxas de inscrição: R$ 130 Provas: 14 de abril Edital do concurso para técnico-administrativos (tradutor linguagem de sinais) do IFPB Concurso da UFPB para técnico-administrativo Vagas: 131 Níveis: médio, médio e técnico e superior Salários: R$ 1.945,06 a R$ 4.180,66 mais auxílio Prazo de inscrição: até 25 de fevereiro Local de inscrição: site da organizadora, Instituto AOCP Taxas de inscrição: R$ 45 (nível intermediário), R$ 60 (nível médio) e R$ 85 (nível superior) Provas: 7 de abril de 2019 Edital do concurso para técnico-administrativo da UFPB Concurso da Prefeitura de São José de Caiana Vagas: 52, sendo 14 para pessoas com deficiência Níveis: fundamental, médio e técnico Salários: R$ 998 a R$ 12 mil Prazo de inscrição: até 28 de fevereiro Local de inscrição: site da organizadora, Funvapi Taxas de inscrição: R$ 50 (nível fundamental), R$ 70 (médio/técnico), R$ 100 (superior) Provas: 31 de março Edital do concurso da Prefeitura de São José de Caiana Concurso do IFPB para professores Vagas: 90 Nível: superior Salário: de R$ 4.892,44 a R$ 9.600,92 Prazo de inscrição: até 7 de março Local de inscrição: página do IFPB na internet Taxas de inscrição: R$ 150 Provas: 2 de junho Edital do concurso para professor do IFPB Concurso da Prefeitura e da Câmara de Curral Velho Vagas: 33 | 4 Níveis: alfabetizado, fundamental, médio, técnico e superior | fundamental e médio Salários: R$ 998 a R$ 8 mil | R$ 998 Prazo de inscrição: até 10 de março Local de inscrição: site da organizadora, Conpass Taxas de inscrição: R$ 60 (alfabetizado e nível fundamental) R$ 80 (médio e técnico) e R$ 100 (superior) Provas: 14 de abril de 2019 Editais: Prefeitura e Câmara Concurso e seleção da Prefeitura de Lucena Vagas: 193 Níveis: fundamental, médio e técnico Salários: R$ 998 a R$ 3.850,95 Prazo de inscrição: até 17 de março Local de inscrição: site da organizadora, Idib Taxas de inscrição: R$ 70 (fundamental), R$ 100 (médio), R$ 130 (superior) Provas: 28 de abril Edital do concurso da Prefeitura de Cajazeiras

Vice-presidente da Airbus diz que Brexit sem acordo é 'catastrófico' para a empresa


Katherine Bennett afirmou à 'BBC' que companhia gastou dezenas de milhões de euros em preparativos para a saída do Reino Unido da União Europeia. A Airbus disse neste domingo (17) que terá que tomar "difíceis decisões" sobre investimentos futuros caso os britânicos deixem a União Europeia sem um acordo, acrescentando que a empresa já gastou dezenas de milhões de euros em preparativos. "Não há como sair "sem acordo" e de forma negociada, isso é absolutamente catastrófico para nós", afirmou a vice-presidente sênior Katherine Bennett à BBC. Um Airbus A380 se prepara para decolar durante um evento de aviação em Paris, na França, em junho de 2009. Eric Piermont/AFP "Algumas difíceis decisões terão de ser tomadas se não houver um acordo...nós teremos que avaliar nossos investimentos futuros." Ela disse que a Airbus já gastou "dezenas de milhões de euros" se preparando para o chamado "Brexit", como com estocagem de peças e segurança de sistemas de TI. Nova derrota de May Na quinta-feira (14), a primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, saiu derrotada de uma votação simbólica sobre a estratégia dela em barganhar o acordo do Brexit com a União Europeia. A emenda rejeitada pelos parlamentares diminuiu o poder de barganha da premiê. May tenta convencer a liderança do bloco de que o acordo ? rejeitado em 29 de janeiro no Parlamento ? pode ser aprovado caso a União Europeia renegocie alguns pontos do plano. May pretende conversar com cada líder da União Europeia e com o chefe da Comissão Europeia para buscar mudanças em seu acordo de retirada da UE, dias após outra derrota de seus legisladores e conforme empresas se preparam para um Brexit sem acordo, em 29 de março.

O que acontece com app usado para localizar o celular roubado quando o aparelho é 'formatado'?


Blog também tira dúvidas sobre como redefinir as configurações originais de fábrica no Samsung J1 e o bloqueio do número do IMEI. (Se você tem alguma dúvida sobre tecnologia, utilize o espaço para comentários abaixo e escreva sua pergunta) Cerberus no celular 'formatado' Olá, Ronaldo! Eu tenho uma dúvida sobre o aplicativo para rastrear o celular roubado, chamado Cerberus. Quando o aparelho é "formatado", o aplicativo deixa de funcionar? Leonardo Olá, Leonardo! Sim, quando é realizada a redefinição das configurações originais de fábrica, qualquer aplicativo instalado pelo usuário é apagado. Após a realização desse procedimento, o aparelho deixa de ser rastreado. Tecnicamente é possível impedir que o Cerberus seja apagado para garantir o monitoramento, porém é um procedimento complexo onde o aplicativo é introduzido manualmente no kernel do Android, sendo transformado em app do sistema. Aplicativo para localizar celular roubado deixa de funcionar quando o aparelho tem as suas configurações originais de fábrica redefinidas Reprodução Como formatar sem o 'root'? Olá, Ronaldo! Como formatar Samsung J1 sem precisar fazer o root? Memba Vilanculos Olá, Memba! A redefinição das configurações originais de fábrica não requer que antes tenha sido liberado o usuário "root" no celular. Para realizar o procedimento, você deve seguir os passos descritos abaixo: Carregue completamente a bateria do celular; Desligue o aparelho; Pressione e segure os botões de Volume para cima (+), o botão Menu/Home e o botão de Ligar/Desligar; Quando o aparelho vibrar pare de pressionar o botão de Ligar/Desligar, mas continue pressionando os outros; Agora irá aparecer uma lista de procedimentos na tela; Pressione o botão de Volume para baixo (-), mova até a opção wipe data / factory reset e confirme com o botão de Ligar/Desligar; Pressione novamente com o botão de Volume para baixo (-), mova até a opção yes -- delete all user data e confirme com o botão Ligar/Desligar; Selecione a opção Reboot system now e confirme com o botão de Ligar/Desligar; Pronto! Após o aparelho reiniciar ele já poderá ser usado. Confirmação do bloqueio do IMEI Eu solicitei o bloqueio do número de IMEI logo após ter o celular roubado. Existe alguma maneira de saber se ele realmente foi bloqueado pela operadora? Filipe Olá, Filipe! O bloqueio do número de IMEI (o "RG" do celular) só pode ser confirmado se você tiver acesso ao aparelho. A inutilização do aparelho não é imediata, em média, esse processo leva 24 horas até que o celular deixe de funcionar na rede de telefonia.

Programação IEQ

09:00 Culto da Manha
Local: Templo
Obs:
15:00 Culto da Tarde
Local: Templo
Obs:
19:30 Culto de Libertação
Local:
Obs:
19:30 ESCOLA DE SABEDORIA
Local: AUD.MARIO DE OLIVEIRA
Obs:
19:30 Culto da Noite
Local: Templo
Obs:
09:00 Culto da Manha
Local: Templo
Obs:
15:00 Culto da Tarde
Local: Templo
Obs:
19:30 Culto da Noite
Local: Templo
Obs:
09:00 Culto da Manha
Local: Templo
Obs:
15:00 Culto da Tarde
Local: Templo
Obs:
19:30 Culto da Noite
Local: Templo
Obs:
09:00 Culto da Manha
Local: Templo
Obs:
15:00 Culto da Tarde
Local: Templo
Obs:
19:30 Culto da Noite
Local: Templo
Obs:
17:00 Culto da Tarde
Local: Templo
Obs:
19:30 Culto da Noite
Local: Templo
Obs:
09:00 Culto da Manha
Local: Templo
Obs:
16:45 Culto da Tarde
Local: Templo
Obs:
19:00 Culto da Noite
Local: Templo
Obs: