TERÇA 02/08 - 19:30

Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo. Apocalipse 3:20

Notícias

Imposto de Renda 2018: faltando 7 dias para fim do prazo, mais de 12 milhões de contribuintes não declararam

Receita Federal recebeu, até 11h desta segunda, 15.979.418 declarações de um total de 28,8 milhões esperadas. Prazo termina em 30 de abril. A Secretaria da Receita Federal informou que recebeu 15.979.418 declarações do Imposto de Renda até as 11h desta segunda-feira (23). De acordo com o Fisco, são esperadas 28,8 milhões de declarações que a Receita espera receber até o fim do prazo para entrega, no dia 30 de abril. Deste modo, ainda faltam ser entregues mais de 12,8 milhões de declarações. Para preencher a declaração, é preciso baixar o programa gerador no site da Receita Federal. Clique aqui para baixar. Se preferir, o contribuinte pode prestar contas por meio de aplicativos em tablets e smartphones. SAIBA TUDO SOBRE O IMPOSTO DE RENDA 2018 O contribuinte que não fizer a declaração ou entregá-la fora do prazo fica sujeito ao pagamento de multa de, no mínimo, R$ 165,74. O valor máximo correspondente a 20% do imposto devido. Quem deve declarar? Deve declarar o IR neste ano quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2017. O valor é o mesmo da declaração do IR do ano passado. Também deve declarar: Contribuintes que receberam rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil no ano passado; Quem obteve, em qualquer mês de 2017, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas; Quem teve, em 2017, receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50 em atividade rural; Quem tinha, até 31 de dezembro de 2017, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil; Quem passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês do ano passado e nessa condição encontrava-se em 31 de dezembro de 2017. Quem optar pelo declaração simplificada abre mão de todas as deduções admitidas na legislação tributária, como aquelas por gastos com edudação e saúde, mas tem direito a uma dedução de 20% do valor dos rendimentos tributáveis, limitada a R$ 16.754,34, mesmo valor do ano passado. Como declarar? Imposto de Renda: veja passo a passo como fazer a declaração Segundo o Fisco, a declaração pode ser elaborada de três formas: computador, por meio do Programa Gerador da Declaração (PGD) IRPF2018, disponível no site da Receita Federal do Brasil na internet; dispositivos móveis, tais como tablets e smartphones, por meio do serviço ?Meu Imposto de Renda?, acessado pelo aplicativo ?Meu Imposto de Renda?, disponível também a partir desta quinta-feira no Google play, para o sistema operacional Android, ou na App Store, para o sistema operacional iOS; computador, mediante acesso ao serviço ?Meu Imposto de Renda?, disponível no Centro Virtual de Atendimento (e-CAC), com o uso de certificado digital, e que pode ser feito pelo contribuinte ou seu representante com procuração eletrônica. Para a transmissão da declaração não é necessário instalar o programa de transmissão Receitanet, uma vez que essa funcionalidade está integrada ao programa do IR deste ano, informou o Fisco. Entretanto, continua sendo possível a utilização do Receitanet para a transmissão. Não é mais permitida a entrega do IR via disquete nas agências do Banco do Brasil ou da Caixa Econômica Federal. A entrega do documento via formulário foi extinta em 2010. VEJA OS LIMITES DE DEDUÇÕES NO IMPOSTO DE RENDA 2018 Restituições Os contribuintes que enviarem a declaração no início do prazo, sem erros, omissões ou inconsistências, receberão mais cedo as restituições do Imposto de Renda, se tiverem direito a ela. Idosos, portadores de doença grave e deficientes físicos ou mentais têm prioridade. As restituições começarão a ser pagas em junho, e seguem até dezembro, para os contribuintes cujas declarações não caírem em malha fina. Novidades na declaração do IR de 2018 Uma das novidades do Imposto de Renda neste ano é que serão exigidos CPFs para dependentes incluídos na declaração com 8 anos ou mais. Em 2017, o CPF havia passado a ser obrigatório para crianças a partir de 12 anos. A redução da idade visa evitar que a declaração caia na malha fina, "possibilitando maior rapidez na restituição do crédito tributário", informou o Fisco. A partir de 2019, a obrigatoriedade será para todos os dependentes, de qualquer idade. De acordo com a Receita, o programa de declaração neste ano também vai pedir aos contribuintes mais dados sobre seus bens declarados, entre eles endereço de imóveis, sua matrícula, IPTU, e data de compra, além do número do Renavam de veículos. O contribuinte, porém, não será obrigado a fornecer essas informações. A partir deste ano também será possível retificar as declarações enviadas por meio de dispositivos móveis, como tablets e smartphones. Para isso, entretanto, é necessário que declaração original tenha sido enviada do mesmo aparelho. Imposto a pagar O contribuinte que tiver imposto a pagar poderá dividir o valor em até oito cotas mensais, mas nenhuma delas pode ser inferior a R$ 50. A primeira cota, ou a única, deve ser paga até 30 de abril e, as demais, até o último dia útil de cada mês, acrescidas de juros. O pagamento integral do imposto, ou de suas cotas e dos acréscimos legais, pode ser efetuado mediante: transferência eletrônica de fundos por meio de sistemas eletrônicos dos bancos; Documento de Arrecadação de Receitas Federais (Darf), em qualquer agência bancária; ou débito automático em conta-corrente.

PAT Indaiatuba divulga 28 vagas de emprego com salários até R$ 3 mil


Cargos têm salários a partir de R$1,2 mil. Oportunidade para enfermeiro e impressor especializado são destaques. Pizzaiolo é um dos cargos divulgados pelo PAT Indaiatuba (SP), nesta segunda-feira (23). Mariane Rossi/G1 O Posto de Apoio ao Trabalhador (PAT) de Indaiatuba (SP) divulga, nesta segunda-feira (23), 28 vagas de emprego para moradores do município e região. Todas exigem, no mínimo, experiência de seis meses. Os cargos de enfermeiro, impressor flebográfico e impressor letters têm as maiores remunerações, sendo a de maior valor para enfermeiro, R$ 3 mil, e as outras duas funções, R$ 2,5 mil. Os pré-requisitos variam de cargo para cargo, as vagas exigem nível de conhecimento do ensino fundamental ao superior. Os interessados devem comparecer à unidade com RG, CPF, Carteira de Trabalho e número do PIS em mãos. As vagas expiram assim que forem preenchidas. Confira as vagas Ajudante de cozinha - 1vaga Atendente de lanchonete - 1vaga Auxiliar de dentista -1vaga Consultor de vendas - 3 vagas Costureiro - 1 vagas Cozinheiro - 2 vagas Enfermeiro -1 vaga Funileiro -1vaga Garçom - 1 vaga Gerente balconista -1 vaga Impressor flebográfico - 1 vaga Impressor letterset - 1vaga Inspetor de qualidade - 1vaga Lavador de veículos -1vaga Mecânico de refrigeração - 1 vaga Oficial de serviços gerais -1vaga Oficial de serviços gerais - 2 vagas Operador de Scaner - 1vaga Pizzaiolo -1vaga Porteiro - 1vaga Projetista ( Arquiteto) - 1vaga Revisor de industria gráfica - 1 vaga Técnico em alimentos - 1 vaga Vendedor - 1vaga Serviço O PAT de Indaiatuba fica na Rua Jacob Lyra, nº344, no bairro Parque das Nações. A unidade funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 15h45. Veja mais oportunidades na região no G1 Campinas

Bovespa opera em queda nesta segunda; Kroton é destaque de alta após compra da Somos Educação

Na sexta-feira, Ibovespa fechou em queda de 0,32%, a 85.550 pontos. O principal índice da bolsa paulista (B3) opera em queda nesta segunda-feira (23), em meio a um viés misto no mercado financeiro internacional, com noticiário corporativo doméstico em destaque, após a Kroton anunciar compra do controle da Somos Educação. Por volta das 11h40, o Ibovespa caía 0,53%, a 85.095 pontos. Veja mais cotações. As ações da Kroton subiam cerca de 2% por volta do mesmo horário. Fora do Ibovespa, Somos Educação disparava 46%. Na outra ponta, Petrobras, Vale e Banco do Brasil recuavam, e eram as principais pressões de baixa do índice. Na sexta-feira (20), o índice fechou em queda de 0,32%, a 85.550 pontos, mas acumulou alta de 1,44% na semana. No mês de abril, acumula valorização de 1,65% e, no ano, ganhos de 34,17%. No exterior, Wall Street oscilava ao redor da estabilidade, enquanto os rendimentos dos Treasuries avançavam, tendo no radar alta na expectativa de inflação de longo prazo nos EUA. O rendimento dos títulos de 10 anos subiam a cerca de 3 por cento pela primeira vez desde janeiro de 2014. De acordo com o operador de uma corretora no Rio de Janeiro, no Brasil pesa o cenário ainda bastante aberto para as eleições deste ano. Intermédica estreia em alta Intermédica ON, que não está no Ibovespa, tinha alta de quase 21%, a R$ 19,96, em sua estreia na B3 após precificar na semana passada sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) a R$ 16,50 por ação, um pouco acima do centro da faixa indicativa de R$ 14,50 a R$ 17,50 por ação.

Culto ao vivo

Programação IEQ

09:00 Culto da Manha
Local: Templo
Obs:
15:00 Culto da Tarde
Local: Templo
Obs:
19:30 Culto da Noite
Local: Templo
Obs:
19:30 Culto da Noite
Local: Templo
Obs:
09:00 Culto da Manha
Local: Templo
Obs:
15:00 Culto da Tarde
Local: Templo
Obs:
19:30 Culto da Noite
Local: Templo
Obs:
09:00 Culto da Manha
Local: Templo
Obs:
15:00 Culto da Tarde
Local: Templo
Obs:
19:30 Culto da Noite
Local: Templo
Obs:
09:00 Culto da Manha
Local: Templo
Obs:
15:00 Culto da Tarde
Local: Templo
Obs:
19:30 Culto da Noite
Local: Templo
Obs:
17:00 Culto da Tarde
Local: Templo
Obs:
19:30 Culto da Noite
Local: Templo
Obs:
09:00 Culto da Manha
Local: Templo
Obs:
16:45 Culto da Tarde
Local: Templo
Obs:
19:00 Culto da Noite
Local: Templo
Obs: