Tudo posso naquele que me fortalece. (Filipenses 4:13)

Notícias

Preço do petróleo sobe 2% com interrupções de produção nos EUA por tempestade

Crescimento no número de casos de coronavírus no mundo também preocupa os investidores. Os preços do petróleo avançaram nesta terça-feira (27), com a aproximação de uma tempestade forçando empresas a interromper parte da produção na área do Golfo do México controlada pelos Estados Unidos, embora a crescente contagem de casos de coronavírus no mundo e o aumento da oferta da commodity na Líbia tenham limitado os ganhos. Companias como BP, Chevron, Shell e Equinor evacuaram plataformas ou fecharam instalações nos EUA. Até agora, os produtores interromperam 16% do bombeamento de petróleo, o equivalente a 294 mil barris por dia (bpd), por causa do Zeta - que era classificado como furacão na véspera, mas enfraqueceu para tempestade tropical nesta terça-feira, segundo o Centro Nacional de Furacões dos EUA (NHC, na sigla em inglês). Casos de Covid-19 disparam e internações aumentam 40% nos EUA O petróleo Brent fechou em alta de 0,75 dólar, ou 1,9%, a US$ 41,21 por barril, enquanto o petróleo dos EUA (WTI) avançou US$ 1,01, ou 2,6%, para US$ 39,57 o barril. Ambos os contratos haviam recuado mais de 3% na segunda-feira (27). No entanto, a alta nos preços induzida pela tempestade deve ter vida curta, uma vez que o aumento no número de casos de coronavírus tende a fazer com que a demanda volte a enfraquecer. "Há muitos pontos fracos... Não existe vacina, não há estímulos, temos a possibilidade muito real de uma eleição contestada (nos EUA) nos próximos dias, e há um mercado de ações que não responderá positivamente a isso", disse Bob Yawger, diretor de Futuros de Energia do Mizuho. Enquanto isso, a produção da Líbia deve avançar para 1 milhão de bpd nas próximas semanas, dificultando os esforços de outros membros da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e aliados para restringir a oferta da commodity. Vídeos: Veja as últimas notícias de economia

Não há previsão para pagamento do 13º do Bolsa Família, diz Ministério da Economia

Para que o pagamento fosse assegurado neste ano, seria necessária uma nova Medida Provisória ou o envio de um projeto de lei para o Congresso aprovar. Pago no ano passado e prometido pelo governo, o 13º salário para os beneficiários do Bolsa Família pode não ser pago este ano. Segundo o Ministério da Economia, não há previsão, até o momento, de pagamento da parcela. O G1 procurou também o Ministério da Cidadania, responsável pelo programa, mas não obteve resposta até a última atualização desta reportagem. O 13º do Bolsa Família foi pago no ano passado para mais de 13 milhões de famílias. O pagamento do abono natalino foi uma medida do governo federal para compensar os beneficiários do programa pela alta da inflação. 13º em 2019 A Medida Provisória 898 que tratava do benefício só assegurou o pagamento em 2019, apesar de o presidente Jair Bolsonaro assegurar que o 13º seria anual. Uma comissão do Congresso chegou a aprovar mudanças nessa Medida Provisória para tornar o pagamento permanente. Mas a MP e as alterações aprovadas acabaram perdendo a validade em março deste ano porque não foram votadas a tempo pela Câmara e Senado. Para que o pagamento fosse assegurado neste ano, seria necessária uma nova Medida Provisória ou o envio de um projeto de lei para ser aprovado pelo Congresso. Em outubro do ano passado, o então ministro da Cidadania, Osmar Terra, chegou a afirmar que a partir de 2020 seria colocada a previsão do 13º dentro do Orçamento. No entanto, para o Orçamento deste ano, não há previsão de recursos para esse pagamento. A proposta do 13º salário para o Bolsa Família foi uma das promessas de campanha de Bolsonaro e chegou a ser incluída nas metas de 100 dias do governo. 13º salário: veja respostas para as 13 principais dúvidas dos brasileiros Auxílio Emergencial Juizado Especial Federal e Defensoria Pública da União ajudam a ter auxílio emergencial Essa indefinição sobre o pagamento do 13º do Bolsa Família acontece em meio ao pagamento das parcelas do Auxílio Emergencial. Os beneficiários do Bolsa Família já receberam as cinco parcelas de R$ 600 até agosto e estão recebendo desde setembro mais quatro de R$ 300 ? nesse caso, a última parcela será paga em dezembro. Veja o calendário completo de pagamentos do Auxílio Emergencial Veja como serão os pagamentos de R$ 300 e tire dúvidas Saiba como liberar a conta bloqueada no aplicativo Caixa Tem Tira dúvidas sobre o Auxílio Emergencial SAIBA TUDO SOBRE O AUXÍLIO EMERGENCIAL O valor médio pago pelo Bolsa Família gira em torno de R$ 190. Ou seja, milhares de beneficiários do Auxílio Emergencial estão recebendo valores acima do que pagaria o Bolsa Família. O valor do benefício pago em dezembro de 2019, acumulando a 13ª parcela, foi de R$ 383,54, segundo o Ministério da Cidadania. Ou seja, valor próximo ao que paga o chamado auxílio emergencial residual. Critérios do Bolsa Família O Bolsa Família é um auxílio para as famílias de baixa renda. São beneficiárias as famílias consideradas: extremamente pobres: com renda mensal de até R$ 89 por pessoa; pobres: com renda mensal de até R$ 178 por pessoa, mas que incluam gestantes ou crianças e adolescentes de até 18 anos. O benefício parte de R$ 89 mensais e pode ter parcelas adicionais de: R$ 41 para crianças, adolescentes e gestantes; R$ 48 para adolescentes de 16 ou de 17 anos. O valor total do pagamento não pode ultrapassar R$ 372 por família. Assista a mais notícias de Economia: ma procurou também o Ministério da Cidadania, responsável pelo programa, mas não obteve resposta até a últia.

Saiba o que é consórcio e descubra 6 vantagens na compra de uma casa ou carro


Modalidade costuma ser mais em conta do que os financiamentos. Saiba o que é consórcio e descubra 6 vantagens na compra de uma casa ou carro Shutterstock Comprar um bem de valor alto costuma exigir planejamento e organização. Por isso, é importante conhecer bem as alternativas do mercado para conseguir fazer um bom negócio sem comprometer demais o orçamento. Uma opção que pode ser muito interessante é o consórcio. Funciona assim: uma administradora reúne pessoas interessadas em comprar um bem comum (como um carro ou uma casa). Cada integrante do grupo passa a pagar parcelas em valores previamente acertados e, com o dinheiro arrecadado a cada mês, é possível realizar a compra do bem. Mensalmente, a administradora realiza assembleias para definir qual dos participantes poderá receber a carta de crédito, documento que possibilita a compra. Essa definição é feita por sorteio e também por meio de lances - em uma dinâmica semelhante a um leilão, onde quem dá a oferta maior, leva. O consórcio traz diversas vantagens em relação aos financiamentos. Conheça algumas. 1) Não há juros Diferentemente dos financiamentos, as parcelas de um consórcio não têm juros. Isso porque trata-se de uma poupança em conjunto, e o dinheiro reunido a cada mês serve para gerar a carta de crédito e comprar o bem à vista. Mas atenção: é preciso pagar taxas, mesmo que baixas, para custear a administração, o seguro e o fundo de reserva. Esses custos são importantes para garantir a segurança do negócio caso algum imprevisto aconteça, como inadimplência ou atraso de outros participantes. Além disso, as parcelas não são fixas ? elas sofrem reajustes anuais por conta da inflação. 2) Não precisa pagar entrada Essa é uma vantagem principalmente para quem pretende comprar um imóvel, já que os financiamentos desse tipo exigem um alto valor de entrada para aprovação do crédito. No consórcio, você paga somente as parcelas, o que pode ser uma excelente alternativa para quem tem dificuldade em juntar dinheiro. 3) Você pode dar lances O consórcio não é uma modalidade de compra interessante para quem tem pressa em adquirir o bem, já que não há como saber quando você será contemplado e conseguirá sua carta de crédito. Mas há uma alternativa para você ganhar tempo: a realização de lances, que acontecem em todas as assembleias. Vale acompanhar as assembleias, verificar o valor médio dos lances vencedores e realizar uma poupança para uma futura oferta. Quem não tem dinheiro na mão para fazer um lance mas quer adiantar a aquisição do bem pode optar pelo chamado lance embutido. Nessa modalidade, o consorciado usa parte do valor da própria carta de crédito como oferta ? e, depois, essa quantia é abatida do montante a ser recebido. Por exemplo: se você quer comprar um carro de R$ 40 mil, pode adquirir uma carta de crédito de R$ 55 mil e usar até 25% desse valor para dar lances e aumentar a chance de ser contemplado. Quando sua contemplação chegar, o montante usado para os lances será abatido da carta de crédito, e você receberá os 75% restantes - nesse caso, R$ 41.250,00, valor suficiente para a compra do carro. Além disso, os lances funcionam como adiantamento do restante do valor a ser pago ? ou seja, você ameniza as parcelas do consórcio. 4) A carta de crédito dá liberdade de compra Pense na carta de crédito como um vale-compra: você pode usá-la como bem entender, desde que mantenha a natureza do bem escolhido previamente. Se você está participando de um consórcio imobiliário, por exemplo, pode usar a carta de crédito para comprar uma casa nova ou usada, um apartamento na planta, fazer uma reforma, uma construção e até quitar um financiamento ou comprar terreno - só não pode usar para adquirir um carro ou outro bem que não seja do ramo imobiliário e vice-versa 5) A taxa de administração costuma ser mais barata do que os juros do financiamento O valor total pago em um consórcio costuma ser menor do que em um financiamento. Isso ocorre porque a taxa de administração e a flutuação de mercado normalmente são mais baixas do que os juros. Procure uma administradora para verificar o contrato e colocar todos esses custos na ponta do lápis. 6) É uma forma de economizar Na prática, o consórcio é como uma poupança conjunta, o que pode ser uma excelente forma de guardar dinheiro. Outra vantagem é que a carta de crédito equivale à compra do seu bem à vista. Assim, no momento da negociação, você tem poder de barganha para obter desconto ou redução de valores. Viu só como é fácil você realizar o sonho de ter seu imóvel ou carro com consórcio? Procure uma administradora para lhe ajudar! A Embracon atua há mais de 30 anos no mercado e é uma das maiores administradoras de consórcio do país, segundo ranking do Banco Central. Saiba mais! SIMULE AQUI O SEU CONSÓRCIO!

Ministério Público Federal abre processo seletivo de estágio para estudantes de direito em Campinas

Interessados podem se inscrever até o dia 2 de novembro. Provas serão realizadas no dia 8, de forma presencial. Veja detalhes. O Ministério Público Federal de SP está com inscrições abertas para o processo seletivo de estágio para estudantes de direito. Os selecionados poderão atuar em 22 unidades do MP no estado, e a de Campinas (SP) é uma delas. Também está aberto o cadastro reserva para oportunidades futuras. Para participar, o candidato deve estar matriculado em uma das instituições de ensino superior conveniadas ao MPF-SP, além de ter concluído, no momento da contratação, o número mínimo de semestres determinados no edital, de acordo com a duração de cada curso. O edital completo, com as instituições conveniadas e as regras, está disponível na internet. Interessados nas vagas têm até o dia 2 de novembro para fazer a inscrição, que é gratuita e pode ser registrada pelo site do Ministério Público. A prova será realizada de forma presencial, no dia 8 de novembro, no município onde estiver sediada a unidade do MPF selecionada pelo candidato. No local de avaliação, será obrigatório o uso de máscara, aferição da temperatura corporal e observância de demais protocolos sanitários, diminuindo os riscos de contágio da Covid-19. Segundo nota da instituição, o resultado final do processo seletivo deve ser divulgado ainda no mês de novembro. Serviço Processo seletivo de estágio do Ministério Público de São Paulo Quem pode participar: estudantes de direito dentro das condições previstas no edital; Inscrições (gratuitas): até 2 de novembro; Provas (presenciais): 8 de novembro, no município da unidade do Ministério Público Federal selecionada pelo candidato. Resultados: até o fim de novembro. VÍDEOS: mais assistidos do G1 nos últimos 7 dias Veja mais notícias da região no G1 Campinas

Programação IEQ

09:00 Culto da Manha
Local: Templo
Obs:
15:00 Culto da Tarde
Local: Templo
Obs:
19:30 Culto de Libertação
Local:
Obs:
19:30 Culto da Noite
Local: Templo
Obs:
09:00 Culto da Manha
Local: Templo
Obs:
15:00 Culto da Tarde
Local: Templo
Obs:
19:30 Culto da Noite
Local: Templo
Obs:
19:30 Culto da Noite
Local: Templo
Obs:
09:00 Culto da Manha
Local: Templo
Obs:
15:00 Culto da Tarde
Local: Templo
Obs:
19:30 Culto da Noite
Local: Templo
Obs:
17:00 Culto da Tarde
Local: Templo
Obs:
08:00 Escola Dominical
Local: Templo
Obs:
09:00 Culto da Manha
Local: Templo
Obs:
17:00 Culto da Tarde
Local: Templo
Obs:
19:00 Culto da Noite
Local: Templo
Obs: